Informações Gerais


Ventilação

A Ventilação das áreas envidraçadas dar-se através da posição controlada de ventilação e/ou da abertura total de um ou mais paineis. Para a abertura controlada, o primeiro painel deve ser travado na posição de ventilação, de modo que permaneça ligeiramente aberto.

IMPORTANTE! A ventilação das áreas envidraçadas é necessária para evitar a condensação da umidade e manter os móveis e demais estruturas do ambiente em boas condições, além de torná-lo mais saudável e agradável.

Vedação

O Sistema Balcony de Envidraçamento de Áreas utiliza o que há de mais moderno em materiais de vedação e oferece 97% de estanqueidade.  Entretanto, em certas condições meteorológicas, poderá haver pequena passagem de água e vento.

Isolamento Termo Acústico

Apesar do Sistema Balcony de Envidraçamento de Áreas consistir em perfis de alumínio não isolados e painéis de vidro simples, há um significativo ganho termo acústico e de eficiência energética. Esses ambientes podem ser aquecidos e/ou resfriados dependendo de cada estação do ano ou desejo do cliente.

Controle de Ruídos

Após a instalação do Sistema Balcony, há uma significativa redução dos ruidos externos, podendo, em alguns casos, chegar a 35db.

Limpeza

As superfícies, interior e exterior dos painéis de vidro, podem ser lavadas de dentro dos ambientes, já que os mesmos são girados para parte interna.

Fabricação

O Sistema Balcony de Envidraçamento de Áreas é produzido especificamente para cada área a ser envidraçada. Os projetos são individuais, com medidas e caracteristicas únicas.

Todos os componentes são produzidos exclusivamente para a Balcony Brasil através de modernos processos industriais. Os fornecedores são certificados e os produtos passam por rigoroso controle de qualidade.

Normas Legais

Em alguns casos, o envidraçamento de áreas está sujeito a autorizações. Por isso, antes de contratar, recomendamos que consulte os padrões, normas e regras do seu condomínio para a execução de tais serviços.

IMPORTANTE! O envidraçamento de varandas não altera a fachada e provoca modificações mínimas na aparência visual do edifício, pois é produzido com vidros transparentes e sem a utilização de esquadrias  verticais.

Casos Especiais

As soluções apresentadas neste manual podem não se aplicar a todas as circunstâncias. Assim sendo, tais soluções devem ser planejadas e projetadas caso a caso.

IMPORTANTE! Informações sobre tubulações existentes, pilares, estruturas, fragilidades e demais situações que impliquem em cuidados especiais devem ser informadas pelo Contratante à Balcony Brasil, de forma clara e inequívoca.

Abrindo os Painéis

Nos sistemas em ângulo, cantos e em determinados casos, é possivel que alguns paineis sejam fixos ou abertos apenas para a limpeza.

Em algumas situações, os vidros do sistema e as portas existentes no local abrirão no mesmo lugar.

Estruturas

Todos os tipos e sistemas de envidraçamento de áreas provocam cargas e trações verticais sobre as estruturas superiores das áreas onde o sistema será fixado. A deflexão máxima aceitável para o perfeito funcionamento do Sistema Balcony é de 3 mm.

O peso máximo de um painel individual de vidro de 8mm é de 35kg e de 40 kg para vidro de 10mm.

Para definição do número máximo de paineis em cada ponto de abertura, se faz necessário um estudo de viabilidade e cálculo de cargas.

É de total responsabilidade do Contratante, verificar e garantir a resistência da estrutura onde o sistema será instalado. Nas montagens sobre guarda-corpos, essa estrutura deve ser suficientemente resistente para a fixação dos perfis inferiores, e deverá suportar a carga adicional de vento  causado pela nova  barreira de vidros.

Portas – Trilhos Embutidos

No caso de contratação para instalação de porta ou sistema com trilhos embutidos, a responsabilidade pela preparação do piso ou superfície será do Contratante, de acordo com especificação e detalhamento fornecidos pela Balcony Brasil. Também será de responsabilidade do  Contratante a previsão e instalação de drenos nessas superfícies para o escoamento  da água de chuvas e demais líquidos que acumulam-se dentro dos trilhos.